terça-feira, setembro 12, 2006

Pedrocas e as suas traquinices...

Bom dia a todos.

É oficial, temos atleta... sim, o pedrocas já anda, ou antes, corre... por isso passa a vida a estatelar-se no chão, mas faz parte não é? Qual é a mãe que não curou uns arranhões, ou não cuidou umas quantas nódoas negras nos seus piolhos... eheh... a minha mãe curou e muitos... e eu prevejo um futuro idêntico para mim... lol!!!
E agora que descobriu a nova proeza não quer outra... colo, carrinho, cadeirinha... só em último recurso... só quer andar, andar e andar... e correr, e cair... lol

O seu reportório de palavrinhas também tem vindo a aumentar de dia para dia... bem como o significado das mesmas... a cada dia que passa, nota-se que compreende melhor aquilo que lhe dizem, embora quando não lhe interessa ouvir, faça de conta... lol... teimoso que só visto!!!

Alguns exemplos:
pum: quando cai no chão
tota: ele tem um boneco, oferecido em tempos pelos avós paternos, que foi baptizado de tostas (não sei muito bem a origem do nome, mas foi o avô que o baptizou, e ficou)
brumbrum ou popó (carro)
miau - gato
papa - a pedir comida...
dá- como a própria palavra indica... dá
ab - abre
quêt- quente
tautau - exactamente, porrada (distribui por tudo e todos)
não
pão
e uma série delas que por muito que pense (tente) não me consigo lembrar, mais aquelas normais, do tipo, papá, mamã, papa, por aí.

Mais uma novidade, ou melhor duas, os incisivos tão todos cá fora, já tem mais dois dentinhos novos, desta vez os incisivos laterais inferiores, contas feitas, já cá cantam 8 ratinhos.

A cada dia que passa dá para perceber que a personalidade do Pedro é bem vincada, isto porque ninguem o pode contrariar, independentemente da situação. Ora é porque não lhe apetece comer algo, ou tomar um xarope, ou qq coisa do género, e ninguem, mas mesmo ninguem lhe consegue enfiar uma colher na boca...
Ora quer qualquer coisa para a mão dele e se não lho dão, "dá... " e faz uma birra daquelas de atirar para o chao e tudo... enfim... tem bem a quem sair... segundo os avós maternos, eles tb tiveram assim uma filha (euzinha... eheheh)!!! Quando quer alguma coisa enquanto não a consegue não desiste, rodeia, rodeia, rodeia, até lá chegar, e se não consegue... primeiro pede, se não lha(o) dão... bem... abre aquelas goelas...

Vejam um exemplo de uma das birras do miúdo...



Apesar destas coisitas (umas melhores que outras) o pedrocas é um amor de criança: simpático, divertido, amistoso, solidário (se um bebé chora, chora também... eheh), nada invejoso (até oferece a comida que tem na mão) e é muito mimalhinho e ternurento!!!

Enquanto vou falando do pedrocas, a baba já me inundou os pés... como tal, vou ver se os seco e volto ao trabalho!!!

beijocas e fiquem bem!!!

Isa e Pedrocas

3 comentários:

Carla disse...

Ola Isucha!

O Pedrocas está o maximo! E a tua descrição da personalidade dele serve que nem uma luva á Beatriz. Faz birras monomentais! Bate com os pés e tudo. E eu ignoro-a! Passa logo.

São uns marotos, mas a luz da nossa vida!

Como vão as noites? Experimentei o Sonomil e até estava a resultar mas deu-lhe diarreia. Convosco aconteceu o mesmo?

Beijinhos doces,
Carla e Beatriz (11m+1s e q tb já dá uns passinhos)

YAMI disse...

Oi kida..
É só novidades linda!!!

Começaram as correrias ai em casa :)))

Um grande beijo cheeio de carinho

yamita
ps - Esta lindo

Ana Costa disse...

ai as birras, o meu é igual, rebola-se no chão e até pareçe uma enguia com a zanga que lhe dá se lhe tiro algo q ele quer. Em relação as quedas, passo a citar:" Criança sem cicatriz não é criança feliz" palavras da ama do simão.